Resenha: Mestre Gil de Ham

Olá meninas!
Hoje é domingo e isso significa que é dia de resenha (todos comemoram \o/, ou não...)!! E hoje eu escolhi resenhar pra vocês "Mestre Gil De Ham" do J.R.R Tolkien! Vem comigo?!


Eu escolhi esse livro, na biblioteca da escola, 100% por causa do autor, J.R.R Tolkien, que também escreveu O Hobbit (um dos meus livros favoritos) e a trilogia de O Senhor dos Anéis (que eu estou lendo aos poucos (bem pouco) porque é meio enjoativo). Eu tinha bastantes expectativas em relação ao livro porque o Tolkien é brilhante (e muito) e todas foram cumpridas com sucesso.
A história se passa em uma época “medieval” de Londres, bem a cara do Tolkien, com dragões, gigantes e grandes fortunas em ouro. Gil é um fazendeiro simples de um vilarejo chamado Ham, mas toda sua simplicidade e anonimato se acabam no dia, na verdade noite, em que ele “acidentalmente” derrota um gigante que invadiu suas terras e, depois disso, Gil se torna o grande herói da cidade. Os comentários sobre seu grande ato de heroísmo chegam aos ouvidos do rei que manda uma carta congratulando a coragem de Mestre Gil junto com dois presentes: um cinto e uma espada, conhecida como “Morde-Cauda” pela fama conseguida quando era usada por outros cavaleiros para matar e arrancar a cauda dos dragões, que costumava ser servida em um banquete do reino.
Mas a chegada de um dragão totalmente avassalador aterroriza todo o reino e antes que o rei possa tomar alguma providência, o dragão chega a Ham. Depois de descobrir sobre a fama de herói do grande Mestre Gil, o dragão vai embora prometendo voltar e trazer grande parte de sua fortuna e dar aos moradores do pequeno vilarejo. Mas o dragão não cumpre com sua palavra e não volta mais ao lugar.
Logo o rei descobre sobre a possível chegada de grande fortuna a Ham e, com medo de acabar sem sua parte, convoca Gil para se juntar aos seus cavaleiros e ir atrás do dragão. Assim que chegam à toca do dragão, muitos cavaleiros fogem acabam mortos e só resta Gil. Ele ameaça o Dragão com Morde-Cauda e o obriga a levar a fortuna até Ham...

Bom, já faz umas três semanas que eu li então as informações não estão frescas na minha memória, por isso, pode ter algumas partes que estão “desorganizadas” ou faltando informações. E eu não coloquei o final da história de propósito, porque eu lembro muito bem (ou só lembro...), porque se eu contar tudo não vai ter graça. Eu só posso dizer que a história é muito (tipo, mil vezes) melhor do que está contada aqui (desculpem-me) e tem uns desenhos bem lindinhos...

Quem publicou ele aqui no Brasil foi a Editora Martins Fontes. A capa é bem bonita e a diagramação é ótima, sem nenhum reclamação a registrar!










As fotos ficaram meio escuras porque quando eu lembrei de fotografar (com o tablet... ainda não ganhei meu celular novo) já era de noite, e era meu último dia com o livro... Mas espero que tenham curtido, e já vou adiantando pra vocês que a resenha da semana que vem tem muitas fótinhas bonitas e é uma resenha beeem detalhada...
Beijos, Mell!



Nenhum comentário:

Postar um comentário

O quê achou da nossa postagem? Gostou? Não se esqueça de deixar o seu comentário.

Não perca nenhum post!