Resenha: Extraordinário, R. J. Palácio

Olá meninas!

A resenha de hoje é desse livro lindo demais que acho que muita gente já leu ou pelo menos ouvir falar... Hum, vamos lá?!

Saraiva

August Pullman, o Auggie, nasceu com uma síndrome genética cuja sequela é uma severa deformidade facial, que lhe impôs diversas cirurgias e complicações médicas. Por isso, ele nunca havia frequentado uma escola de verdade... até agora. Todo mundo sabe que é difícil ser um aluno novo, mais ainda quando se tem um rosto tão diferente. Prestes a começar o quinto ano em um colégio particular de Nova York, Auggie tem uma missão nada fácil pela frente: convencer os colegas de que, apesar da aparência incomum, ele é um menino igual a todos os outros.

Eu amei demais esse livro, nossa! O Auggie é um garotinho adorável e tem um jeitinho para lidar com todos os seus problemas e uma mente bem evoluída para sua idade. A história é linda porque, apesar de tudo e de todas as crises, ele é feliz e isso nos mostra que é possível, sim, "ignorar" os problemas (por maior que seja) e tentar (con)viver com eles.

Não só o Auggie mas todos os outros personagens têm alguma coisa legal para nos ensinar, então essa é uma daquelas leituras para refletir mesmo e levar para o resto da vida. O livro nos mostra que todas as pessoas são especiais e, de alguma forma, extraordinárias.

A capa é muito, muito, muitooooooo linda! Eu amo livros com capa azul, porque é minha cor favorita, e essa ilustração é super fofa.



Então, já leram? Super recomendo esse livro! Aproveite agora as férias para ler, sério, você não vai se arrepender.

Beijos!
- Mel

Nenhum comentário:

Postar um comentário

O quê achou da nossa postagem? Gostou? Não se esqueça de deixar o seu comentário.

Não perca nenhum post!